BR 116, Km 03. Jardim América - Mafra/SC • (47) 3642-4264

As cinco dimensões da recuperação

Publicado em: 27/01/2017






“A recuperação de transtornos por uso de substâncias psicoativas é um processo de mudança através do qual os indivíduos melhoram a sua saúde, bem-estar, autoestima e gerenciam sua vida para alcançar o seu potencial completo.”

Para conseguir uma Recuperação diária e duradoura os adictos que se recuperam de transtornos causados pelo uso de substância psicoativas precisam ter apoio em quatro áreas de suas vidas:

 

SAÚDE: superar ou administrar a doença ou os sintomas e fazer escolhas saudáveis e assertivas para o apoio do bem-estar físico e emocional.

 

AMBIENTE: um lugar estável e seguro para viver.

 

MOTIVAÇÃO ou PROPÓSITO: atividades diárias significativas como trabalho, escola, esportes, voluntariado, cuidados familiares, participação na sociedade civil organizada, frequência em grupos religiosos e grupos de mútuo-ajuda, hobby e apreciar o gosto daquilo que realiza.

 

COMUNIDADE: relações e redes sociais que ofereçam apoio, amizade, amor e esperança.

 

RECUPERAÇÃO SIGNIFICA ESPERANÇA: a crença de que a recuperação é real fornece a mensagem essencial e motivadora de um futuro melhor, de que as pessoas podem superar os desafios internos e externos, barreiras e obstáculos que enfrentam. A esperança é internalizada e pode ser promovida por pares, famílias, amigos e outros. A esperança é o catalisador do processo de recuperação.

 

RECUPERAÇÃO É NORTEADA POR PESSOAS: A autodeterminação e a auto direção são os alicerces para a recuperação, uma vez que os indivíduos definem suas próprias metas de vida e projetam seu caminho único em direção a essas metas. Os indivíduos otimizam sua autonomia e independência na maior medida possível, liderando, controlando e exercitando a escolha sobre os serviços e suportes que os auxiliam na recuperação e na resiliência. Ao fazê-lo, eles estão capacitados e lhe são fornecidos os recursos para tomar decisões, iniciar a recuperação, construir sobre os seus pontos fortes, e ganhar ou recuperar o controle sobre suas vidas.

 

RECUPERAÇÃO OCORRE POR VÁRIOS CAMINHOS: As pessoas são únicas, com necessidades, pontos fortes, preferências, metas, cultura e origens diferentes, incluindo experiências de trauma que afetam e determinam o caminho para a recuperação. A recuperação é construída sobre as múltiplas capacidades de forças, talentos, habilidades de enfrentamento, recursos e valor inerente a cada indivíduo. As vias de recuperação são altamente personalizadas. Podem incluir tratamento clínico profissional, uso de medicamentos, apoio das famílias, abordagens baseadas na fé, apoio de pares e tantas outras. A recuperação é não-linear, caracterizada por crescimento contínuo e funcionamento melhorado que pode envolver recaídas ou volta ao uso. Como os retrocessos são uma parte natural, embora não inevitável e não desejável no processo de recuperação, é essencial promover a resiliência para todos os indivíduos e famílias. Abstinência do uso de álcool, drogas ilícitas e medicamentos não prescritos é o objetivo para aqueles com dependência. O uso do álcool, drogas ilícitas, medicamentos não prescritos ou ilícitos não é seguro para ninguém. Em alguns casos, os caminhos de recuperação podem ser ativados criando um ambiente de suporte, isto é especialmente verdadeiro para aqueles que não tem a capacidade jurídica ou de desenvolvimento para definir seu próprio curso.

 

RECUPERAÇÃO É HOLÍSTICA: a recuperação engloba toda a vida de um indivíduo, busca um entendimento integral da doença e do fenômeno da droga, incluindo mente, corpo, espírito e comunidade. Isto inclui abordar práticas de autocuidado, família, habitação, emprego, transporte, educação, tratamento clínico para transtornos mentais e transtornos de uso de substâncias, serviços de apoio, cuidados de saúde primários, assistência odontológica, serviços complementares e alternativos, fé, espiritualidade, redes sociais e participação comunitária. A gama de serviços e apoios disponíveis deve ser integrada e coordenada.

 

RECUPERAÇÃO É ALICERÇADA NO RESPEITO E HONESTIDADE: a aceitação e valorização da comunidade e da sociedade do entendimento de pessoas que sofrem pelo uso de drogas e são afetadas por elas NÃO DEVE E NÃO PODE SER ESTIGMATIZADA, eliminando a discriminação e a exclusão social e/ou familiar. Isto é crucial na recuperação do dependente e sua reinserção à sociedade. Há uma necessidade de reconhecer que ao se tomar as medidas e ter a motivação para o tratamento e a manutenção da recuperação sempre exige uma grande coragem e força interior. A auto aceitação e a descoberta de uma vida nova, quando da mudança de comportamento, desenvolvem um sentido positivo para a restauração da crença em si mesmo, e de que a VIDA pode ser maravilhosa na simplicidade e que o raiar de cada dia é importante para a construção de um indivíduo melhor.

 

Tradução e adaptação de um texto da Mental Health & Recovery Board por Luiz Carlos (Piti) Hauer

 

Fonte: paranaportal.uol.com.br