BR 116, Km 03. Jardim América - Mafra/SC • (47) 3642-4264

Atena está entre as melhores comunidades terapêuticas do país, diz FEBRACT

Publicado em: 27/07/2018






Com o objetivo de sistematizar e uniformizar a organização dos recursos humanos das comunidades terapêuticas, a Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas (FEBRACT), criou um programa de certificação. Ao se enquadrar nas normas da federação, as comunidades terapêuticas de todo país têm a possibilidade buscar cada vez mais sua profissionalização.

 

Filiada a FEBRACT, desde 2016, a associação Terapêutica Novo Amanhecer (ATENA), passou nos dias 23 e 24 de julho por um processo de avaliação dentro do programa de certificação. Ao todo foram avaliados 150 itens, dos quais, a ATENA conquistou nota máxima na maioria.

 

“Fiquei surpreso com o nível de profissionalização e competência da instituição. Tem pontos que precisam melhorar, mas, de modo geral, pode se dizer que está entre as melhores do país”, afirmou o gestor geral da FEBRACT e responsável técnico pela avaliação, Pablo Andrés Kurlander.

 

O resultado conclusivo da avaliação fica pronto em agosto.

 

Outra conquista para a ATENA, segundo Pablo, é que agora a instituição passa ser referência em Santa Catarina em comunidades terapêuticas, e apta para certificar outras comunidades de acordo as normas da federação. Além da ATENA, apenas a Comunidade Terapêutica Essência de Vida, de Joinville, alcançou o mesmo status.

 

Benefícios
Ainda segundo Pablo, diferente do que acontece na Europa e EUA, até então no Brasil, não existia regras nem a profissionalização do setor, cada qual fundava uma associação e utilizava o método que achasse mais conveniente, o resultado foi desastroso e trouxe descrédito no trabalho das comunidades.

 

“As comunidades terapêuticas são vistas no mundo todo como uma das mais eficazes ferramentas de trabalho na recuperação de dependes químicos. Com o programa de certificação se pretende proporcionar maiores e melhores possibilidades de organização e estruturação de seus serviços, além de elevar, reconhecer e validar formalmente o conhecimento empírico e técnico de cada um de seus colaboradores”, diz.

 

Outro ponto apontado por Pablo, é que com a implantação da certificação, as famílias acolhidas vão poder diferenciar uma comunidade certificada, que atende todas as exigências e padrões internacionais, daquelas comunidades que trabalham com achismos, está última, segundo o especialista, tende a desaparecer.

 

Para Edson Eckel, coordenador técnico da ATENA, receber a avaliação positiva de um órgão nacional é coroamento de anos de trabalho. “Desde da fundação da ATENA, sempre foi nossa filosofia de trabalho buscar a excelência. Os desafios são enormes, mas são essas ações que nos motiva continuar a luta”, diz.